< VOLTAR AO PROJETO

CNTur lança em seu site edital para Seleção de Empresa de Central de Reservas de Hotelaria
13 de maio de 2014
baixe aqui o edital de seleção

A CNTur – Confederação Nacional do Turismo, em parceria com o SEBRAE Nacional – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, abriu edital para seleção, por técnica e preço, para contratação de empresa para prestação de serviços de implantação e operação da Central Nacional de Reservas e de Negócios para o projeto “Avançando na Gestão de Micro e Pequenas Empresas do Setor de Turismo”.

Administrado pela CES - Comissão Especial de Seleção da CNTur, o edital tem por objetivo selecionar empresa que atue com portal de reservas online, para aperfeiçoar sua plataforma tecnológica, promover o aumento de sua demanda e promover a adesão da oferta junto a micro e pequenas empresas do turismo brasileiro, criando uma central nacional de reservas eficiente que atue com baixos custos operacionais.O foco inicial será beneficiar pousadas e pequenos meios de hospedagem, propiciando-lhes acesso ao mercado a custos mais competitivos em comparação às taxas cobradas pelas grandes corporações do setor. A inscrição no processo seletivo encerra-se às 18h do dia 06 de junho de 2014, e o Edital com todos os detalhes pode ser baixado no site da CNTur, neste link: baixe aqui o Edital de Seleção

O projeto da Central Nacional de Reservas

Nos últimos anos vêm aumentando o número de grandes corporações, na sua maioria multinacionais, aplicando volume expressivo de recursos financeiros em comunicação de massa e em tecnologias de venda de serviços à distância. Elas vêm conquistando fatias cada vez maiores do mercado de turismo brasileiro e têm levado as micro e pequenas empresas, notadamente de meios de hospedagem e das agências de viagens, a uma acirrada concorrência e à redução de suas margens por conta das taxas de intermediação.

Existem diversas iniciativas de pequenos empreendedores que têm lançado sites com ferramentas de reservas e vendas de serviços no turismo. No entanto, como não contam com a retaguarda e o apoio de uma instituição de abrangência e credibilidade em todo o território nacional, essas iniciativas não tem conseguido se firmar nesse mercado tão concorrido.

A CNTur, em parceria com o SEBRAE, irá selecionar, mediante processo seletivo aberto, uma dessas iniciativas existentes no mercado, aperfeiçoar a ferramenta tecnológica utilizada, promover a adesão junto à micro e pequenas empresas do turismo brasileiro, criando uma central nacional de reservas e de negócios. Seu foco inicial será beneficiar pousadas e pequenos meios de hospedagem espalhados pelo Brasil, propiciando-lhes acesso ao mercado a custos mais competitivos, em comparação às taxas cobradas pelas grandes corporações.

A ação, que pertence ao projeto “Avançando na Gestão de Micro e Pequenas Empresas do Setor de Turismo”, lança agora assim o edital de seleção de uma pequena empresa nacional para receber incentivos, recursos e promoção de relacionamento no trade hoteleiro, para operar com taxas expressivamente menores que a média praticada hoje no mercado. A ideia é estimular diretamente o mercado hoteleiro através da ampliação do fluxo de demanda gerado pelas centrais de reservas da internet, porém canalizando-o através de uma plataforma que ofereça aos hotéis a vantagem competitiva de baixas taxas, ao invés de praticar pressão por geração de demanda.

Poderão participar do processo de seleção do edital, micro e pequenas empresas com controle 100% nacional, que já opere há pelo menos dois anos um portal com motor de reservas online, que já tenha pelo menos 20 hotéis cadastrados e uma media anual de pelo menos 100 mil acessos. O projeto aplicará recursos na empresa para o desenvolvimento e promoção desta ferramenta, para a aquisição de uma maior oferta de hotéis e de uma maior demanda de consumo. Todos os detalhes estão no edital no site da CNTur.

Além disso, serão adotadas todas as medidas necessárias para que essa Central de Reservas e Negócios alcance sua sustentabilidade econômica ao final do Projeto, ou seja, sua operação, atualização e manutenção se darão com as receitas provenientes da prestação de serviços ao setor de turismo, no entanto em condições vantajosas de custos para as micro e pequenas empresas.

A CNTur vem assim estimular o crescimento do segmento dos pequenos meios de hospedagem, que é a grande maioria das empresas do setor, e fomenar o desenvolvimento da atividade turística no país, com taxas e custos mais adequados à realidade do empreendedor brasileiro.